28.09.2016   |   Alemanha

Célula de processamento de orlas multifunções na Flömö: Faz tudo!

Para o processamento de orlas, o construtor de interiores aposta em procedimentos automatizados numa grande variedade de peças e material, abrindo assim um novo capítulo a nível de qualidade, flexibilidade e eficiência.

Os livros de pedidos da Flömö GmbH estão cheios e estendem-se até ao próximo ano. Além do pilar mais importante, a exigente clientela privada, a empresa gera cerca de 40% do seu volume de negócios no sector público, p. ex., escolas, hospitais ou edifícios como a Biblioteca Estatal de Berlim. Desde a Primavera de 2004 que a Flömö tem a actual localização de Flöha-Falkenau (cerca de 10 km a leste de Chemnitz) e produz, com os seus 46 colaboradores, numa área entretanto superior a 3700 m². Em luminosas e bonitas naves, a moderna tecnologia de máquinas anda de mão dada com um vasto "know-how". Seja para madeira maciça, folheada, para a exigente área de acabamento e revestimento ou mesmo para o puro processamento de placas: Os colaboradores qualificados – entre os quais sete mestres-artesãos e dois engenheiros de tecnologia madeireira – certificam-se de que nenhum requisito do cliente fica por cumprir. Para isso, existe uma união consistente entre o software e a poderosa tecnologia de produção.

Compreender a optimização como processo permanente

O gerente da Flömö, Jörg Möckel, é alguém que, em conjunto com a sua equipa, analisa permanentemente os processos existentes e entende a optimização como um desafio permanente. Assim, o mestre carpinteiro está sempre em busca de potencial de melhoria. "Em todos os investimentos que realizamos, trata-se sempre de uma melhoria da qualidade e de um aumento da flexibilidade, conta Möckel. E prossegue: "Neste contexto, a automatização pode ser um contributo bastante importante."

O início de uma nova era no processamento de orlas

O verdadeiro significado das suas palavras fica evidente quando me mostra o seu mais recente investimento: a nova célula de processamento de orlas multifunções da HOMAG. "Tendo em conta nomeadamente a crescente exigência da técnica de juntas invisíveis, era necessário investir no processamento de orlas", diz Möckel. "Até aqui também tínhamos dificuldades com superfícies altamente sensíveis, p. ex., de alto brilho. Além de tudo isto, a nível de capacidade de produção, estávamos simplesmente no limite." A nova instalação é constituída por uma máquina de colagem de orlas do tipo Ambition 2482 combinada com o retorno TFU 21 Edition da HOMAG Automation. Esta célula de processamento de orlas é particularmente indicada para utilizadores que trabalhem com uma grande diversidade de peças e materiais. Móveis com juntas invisíveis, peças de alto brilho, orlas em madeira maciça ou também peças com diferentes raios: Praticamente todos os desafios são superados pela célula multifunções. A instalação de tamanho de lote 1 é operada por um único colaborador. Etiquetas com códigos de barra atribuem a cada peça os dados de produção de forma inequívoca e os processamentos a executar. Após a leitura, os programas de processamento são automaticamente carregados e executados.

Manuseamento de peças seguro e inteligente

O transporte das peças fica a cargo da TFU 21 Edition. O portal está equipado com uma travessa de vácuo e assume a rotação definida bem como o retorno das peças para o operador. As peças prontas podem ser automaticamente ejectadas ou desempilhadas. Isso é obtido através da travessa do pórtico com função rotativa dependente da largura. O retorno foi concebido para uma ampla gama de peças de 240 x 80 a 1200 x 3000 mm e não precisa de um comando da máquina separado porque está completamente integrado no comando da máquina de colagem de orlas. Para o operador, isto significa um ambiente ergonómico e alívio físico significativo. Por seu lado, a empresa ganha com o manuseamento suave para o material e respectivos custos reduzidos em termos de qualidade.

Publicado na BM 09/16. O HOMAG Group agradece ao chefe de redacção Christian Närdemann.
Crédito fotográfico: BM/Christian Närdemann

Voltar para a lista