19.03.2019   |   Neustadt/Orla   |   Alemanha

O Robô aumenta a flexibilidade

A Theodor Schönefeldt GmbH elevou o seu corte de painéis a um novo patamar. Ela melhora o desempenho e aumenta a flexibilidade.

Nós trabalhamos com o sistema operando em três turnos. Atualmente, dois deles são no modo de operação manual. O objetivo é que dois turnos sejam no modo de operação automático. Com uma média de 800 peças/turno, já duplicamos a nossa capacidade em comparação com o sistema anterior.

Andreas Watzinger, Diretor Administrativo Theodor Schönefeldt GmbH

An article from the specialist magazine BM, 12/2018. Images: specialist magazine BM/Christian Närdemann. Here you can read the article on BM-Online.

A Theodor Schönefeldt GmbH elevou o seu corte de painéis a um novo patamar. A empresa especialista em fabricação aposta na até então desconhecida combinação entre corte manual e totalmente automático da novíssima seccionadora de painéis com barra de pressão SAWTEQ B-300 flexTec da HOMAG. Ela melhora o desempenho e aumenta a flexibilidade. 

Localizada na cidade de Neustadt an der Orla, a Theodor Schönefeldt GmbH – Büro- und Objektmöbel foi fundada em 1991, a partir de uma divisão do então conglomerado estatal de fabricação de móveis de Zeulenroda. Em 1997, Andreas Balnuweit (gerente industrial) e Andreas Watzinger (marceneiro e engenheiro de tecnologia da madeira) assumiram a empresa do seu fundador, Theodor Schönefeldt. O portfólio de serviços engloba o planejamento, a fabricação e a instalação de móveis personalizados - principalmente mobiliário para clínicas de idosos, residências para pessoas com deficiência e estudantes, centros de assistência diurna e hospitais. A empresa trabalha principalmente com grandes firmas de design de interiores.

Traçando o caminho rumo ao futuro com novas instalações

Há cerca de dez anos, o especialista em fabricação construiu um novo pavilhão de produção (4.000 m²) e um novo prédio de escritórios. Durante a construção das novas instalações, quase todas as máquinas foram compradas novas. Entre elas, uma combinação seccionadora-estoque, duas coladeiras de bordas e um centro de processamento CNC. Para isso, Andreas Watzinger e Andreas Balnuweit apostaram no know-how e na tecnologia de máquinas da sua parceira de longa data, a HOMAG.

Do total atual de 40 colaboradores, cerca de dois terços trabalham na produção – quase todos profissionais especializados. A empresa também forma “mecânicos de madeiras”. Contudo, também aqui a escassez da mão-de-obra jovem e qualificada é um grande problema. Andreas Watzinger comenta: “Nós temos um aprendiz por ano. Gostaríamos de formar muitos mais, mas é extremamente difícil atrair jovens para uma formação.”

O desafio do fluxo de dados e de informações

A empresa utiliza os softwares Imos (CAD) e OSD (software do setor). Watzinger afirma: “A tendência é mais no sentido do escritório e do planejamento da produção. Eu não sei se isso é bom, mas processos contínuos e sem erros na produção simplesmente requerem um planejamento e uma organização absolutamente impecáveis. A eficiência é mantida ou cai em função da qualidade do fluxo de dados e de informações. Este é um desafio permanente.”

Investimento em um conceito inovador de seccionamento de painéis

A Theodor Schönefeldt GmbH processa um grande número de decorações e materiais diferentes. Em Neustadt, laminados de alta pressão (HPL) também são cortados e prensados sobre placas de suporte. Isso impõe grandes desafios para o planejamento, a produção e a logística interna – especialmente quando se trata do corte de placas. Os dois chefes ficaram igualmente entusiasmados quando souberam do novo produto desenvolvido pela sua parceira de tecnologia HOMAG: a seccionadora de placas SAWTEQ B-300 flexTec, que permite tanto o modo de operação totalmente automático quanto manual. Uma inovação mundial. Watzinger e Balnuweit decidiram investir neste sistema como cliente-piloto. O comissionamento foi realizado em julho. Ao mesmo tempo, o software do estoque automático de placas já existente foi atualizado.

Recursos interessantes a bordo

A saliência da lâmina de serra é de 95 mm (importante para o corte em lotes). O corte de materiais diferentes é suportado, entre outros, por barras deslizantes para placas finas, pelo fechamento da folga de corte ou pela possibilidade de armazenar parâmetros em função do material no controle CADmatic 5.0, para a aplicação automática correta da pressão das pinças e da barra de pressão. Naturalmente, a seccionadora já vem pronta para conexão com a tapio.

Modo de operação automático espetacular

No modo automático sem operador, um robô com travessa de aspiração assume todo o manuseio do material durante o processo de corte, depois que o material é transportado do estoque automático de placas para a seccionadora. É espetacular ver como o robô armazena as peças temporariamente de forma autônoma, gira as peças e, por fim, as deposita automaticamente em uma das cinco áreas de empilhamento. É notável o nível de “inteligência” com a qual os especialistas da HOMAG equiparam o sistema. Naturalmente, a etiquetagem é totalmente automática. A etiquetadora é localizada na área da barra de pressão.

Flexibilidade do corte manual

Nem todas as tarefas de corte podem ser executadas automaticamente na Schönefeldt. Exemplos disso são o corte de HPL ou o corte em lotes. Aqui, o conceito oferece a vantagem única de possibilitar também a o modo de operação manual, se desejado.

Os corredores entre as mesas com colchão de ar são equipados com duas mesas dobráveis cada um. No modo de operação com operador, é possível baixar ou levantar as mesas, para permitir o livre acesso à linha de corte , evitar a curvatura de materiais mais finos e aumentar a área de trabalho. Dependendo da tarefa de corte, no modo manual a etiquetagem também é realizada de forma totalmente automática ou manual, através de uma impressora adicional instalada na parte da frente da seccionadora.

Maior desempenho alcançado rapidamente

Apenas alguns meses depois do comissionamento, Andreas Watzinger já se mostra satisfeito: “Nós trabalhamos com o sistema operando em três turnos. Atualmente, dois deles são no modo de operação manual. O objetivo é que dois turnos sejam no modo de operação automático. Com uma média de 800 peças/turno, já duplicamos a nossa capacidade em comparação com o sistema anterior.”

Colaboradores envolvidos com antecedência

Paralelamente ao investimento na SAWTEQ B-300 flexTec, os colaboradores afetados também foram previamente envolvidos. Andreas Watzinger orgulha-se da sua equipe: “Os nossos colaboradores se envolveram com muito empenho e de forma muito construtiva. Eles contribuíram significativamente para que todo o fluxo de trabalho funcionasse sem problemas. Através de um diálogo constante com os especialistas da HOMAG, fomos capazes de, juntos e sobretudo rapidamente, adequar o conceito de forma ideal às nossas necessidades.”

Voltar para a lista

Mais sobre Theodor Schönefeldt GmbH

Localizada na cidade de Neustadt an der Orla, a Theodor Schönefeldt GmbH – Büro- und Objektmöbel foi fundada em 1991, a partir de uma divisão do então conglomerado estatal de fabricação de móveis de Zeulenroda. O portfólio de serviços engloba o planejamento, a fabricação e a instalação de móveis personalizados - principalmente mobiliário para clínicas de idosos, residências para pessoas com deficiência e estudantes, centros de assistência diurna e hospitais. 

www.schoenefeldt-objektmoebel.de