12.08.2021   |   Überlingen   |   Alemanha

Inspeção e manutenção: "Máquinas necessitam de toda a sua potência"

Descubra nesta entrevista porque a Sauter GmbH de Überlingen coloca um grande foco na manutenção e inspeção regular de suas máquinas.

"Nós consideramos que uma máquina submetida a inspeções e manutenções periódicas possa ser utilizada por muito mais tempo. Dessa forma, estamos sempre atentos a nossas máquinas e podemos planejar melhor."

Markus Kemptner, Sauter GmbH, Überlingen

Na Sauter GmbH de Überlingen, as máquinas são um fator decisivo para o sucesso da empresa. Elas precisam operar com a máxima performance e confiavelmente o tempo todo e para isso, é claro, necessitam de toda a sua potência. Esse também é um dos motivos de o pessoal de Überlingen ter um foco tão grande em manutenções regulares do seu parque de máquinas.

HOMAG: As máquinas são muito exigidas e a performance máxima também é o que vocês demandam diariamente das suas máquinas. Ao mesmo tempo, vocês precisam confiar completamente na performance delas. Qual é a função, a importância que a manutenção das máquinas tem na sua empresa? E por que vocês optaram por contratar a manutenção fornecida pelo fabricante?
Markus Kempter: "Apesar de sermos uma empresa pequena, olhando a história da empresa, vê-se que nossos genes são os da fabricação em série. Por isso, alta produtividade e disponibilidade das instalações de produção são vitais. Consequentemente, consideramos imprescindível a realização de manutenções regulares feitas pelo fabricante para, assim, prevenir possíveis falhas da melhor forma possível. Nós nem mesmo cogitamos realizar a manutenção das máquinas por nós mesmos, pois trata-se de uma tarefa para especialistas. O fabricante das máquinas conhece a engenharia, os comandos e as funções da máquina melhor do que ninguém e, obviamente, enxerga a máquina de forma muito mais treinada e tem uma imensa experiência. Assim, com isso em mente, já em 1998 assinamos um contrato de manutenção com a HOMAG. 

Além disso, para nós também sempre foi muito importante a escolha do técnico que iria realizar o serviço, pois queríamos que este fosse sempre o mesmo. É ele que acompanha a máquina há anos e, por isso, já conhece as suas particularidades e pequenos detalhes e, assim, consegue estabelecer as prioridades certas na manutenção. Por exemplo: durante uma inspeção, um eixo acabou chamando um pouco a atenção, mas não a ponto de ser necessário trocá-lo. Na manutenção seguinte, o técnico já dá uma atenção especial a esse eixo e analisa precisamente as alterações."


HOMAG: Para vocês, a qualidade das máquinas também depende da realização de manutenções regulares?
Clemens Mayer: "É claro que a qualidade das máquinas também depende muito disso. Pois quanto maior a qualidade da máquina, tanto mais importante é a proteção periódica. Ao mesmo tempo, tudo depende de quanto eu exijo da minha máquina, ou seja, o que eu produzo e quais as cargas a que ela é submetida. No nosso caso, fabricamos, entre outros, chapas de MDF o que, é claro, exige muito dos nossos eixos. 
As máquinas necessitam de sua potência total e, por isso, é sempre necessário verificar o estado delas. Afinal de contas, não podemos esperar que uma máquina que, por exemplo, produza no limite durante cinco anos e não seja inspecionada regularmente, continue funcionando sem nenhum problema."

Markus Kempter: "Exatamente. Nós consideramos que uma máquina submetida a inspeções e manutenções periódicas possa ser utilizada por muito mais tempo, com sua disponibilidade permanecendo num nível alto. Assim, estamos sempre atentos a nossas máquinas e podemos planejar vários pontos de forma muito melhor."


HOMAG: Os custos dos serviços ficaram mais planejáveis para vocês?
Markus Kempter: "Distribuindo os custos do serviço nos custos de manutenção e peças de reposição, os custos com a manutenção tornam-se totalmente transparentes e planejáveis através do acordo contratual. No entanto, não é possível prever de antemão os custos com as peças de reposição. Muitas vezes, contudo, a necessidade de peças de reposição já é anunciada meses antes, permitindo o planejamento de um serviço programado ao outro."

Clemens Mayer: "Um bom exemplo certamente foi um evento ocorrido há cerca de quatro meses. Um dos nossos eixos apresentou um defeito. Contudo, o problema do eixo já tinha sido detectado há cerca de um ano nas manutenções. Mas nosso técnico de serviço nos deu luz verde de que o eixo ainda funcionaria por algum tempo. Assim, tivemos tempo suficiente para pesquisar preços de eixos e negociar até que eles realmente tivessem que ser substituídos. Dessa forma, o problema não foi nem uma surpresa e nem foi necessário realizar um reparo às pressas. 

A última parada não planejada das nossas máquinas CNC foi há mais de quatro anos, reforçando a nossa afirmação de que as manutenções valem a pena."


HOMAG: Quantos casos de manutenção vocês têm por mês?
Clemens Mayer: "É difícil dizer, mas eu diria que em torno de 0,5 por mês. Geralmente não se trata de paradas de máquina, mas mais de algum problema de conexão, questões complexas do operador ou mensagens de erro desconhecidas."


HOMAG: E com que frequência, você diria, vocês se deparam com defeitos técnicos nas máquinas?
Clemens Mayer: "Nós praticamente não temos defeitos técnicos nas máquinas e nem danos consequentes causados por peças de desgaste. Os componentes de desgaste são identificados na manutenção e as peças que chamam a atenção são acompanhadas. O técnico da HOMAG simplesmente tem um olhar muito melhor e, evidentemente, treinado para isso do que nós mesmos. Paradas das máquinas de fato temos no máximo de uma a duas vezes no ano. 

HOMAG: Para encerrar, mais uma última pergunta: como vocês avaliam a Hotline em relação à nossa solução de contrato de serviço iPackage?
Markus Kempter: "A vantagem do iPackage é bem evidente ao combinar a Hotline e a inspeção das máquinas, ou seja, um pacote com quase tudo incluído e que nós consideramos perfeito. O fato de a Hotline também estar incluída diminui a barreira de entrar em contato por questões menores. Assim, fica mais fácil fazer perguntas que, por exemplo, também vão ajudar na operação, tornando-nos mais rápidos.


HOMAG: Muito obrigado por esta entrevista interessante e esclarecedora. Esperamos que a nossa excelente parceria e cooperação ainda continue por muito tempo.

Voltar para a lista