22.10.2019   |   Sulgen, Thurgau   |   Suíça

Estamos sempre atentos.

A Erich Keller AG: design de interiores, estações de comunicação sofisticadas e climatização

Algumas empresas recusam projetos muito desafiadores: muito complexo, execução muito difícil, não é a nossa área. E é justamente aqui que nós entramos. Pois mudanças, para nós, são oportunidades. Isso é a Erich Keller.

Markus Neff, chefe de produção da Erich Keller AG

Em 1951, Paul Keller pai fundou a marcenaria Keller em Schönenberg an der Thur. De início, ainda era uma marcenaria clássica da cidade, cuja história de sucesso tem um impulso inacreditável em 1981. O filho do fundador, Erich Keller, assume a empresa, adquire mais terreno e mostra ousadia: ele constrói a marcenaria do zero na vizinha Sulgen. Lá, em um primeiro momento o mestre marceneiro é tachado de louco. “Deixa ele. Não dou mais que dois anos para ele.” É o que se dizia então, segundo Markus Neff, o atual chefe da produção. Só que em 4 anos, o número de funcionários dobrou para 35 e, em 1990, eles já eram 60.  Hoje, cento e dez homens e mulheres, em mais de 9.000 metros quadrados, fabricam soluções para design de interiores, estações de comunicação sofisticadas e climatização.

Sempre a partir do ponto de vista do cliente.

Em 2012, Erich Keller passa a direção da empresa ao irmão Paul. Nada muda na orientação da empresa. A Erich Keller AG, impregnada pelo espírito de quem ela tem o nome, continua sendo uma empresa criativa com um modelo claro. Todos os funcionários assumem responsabilidade, pensam junto na empresa e seguem na mesma direção. Isso já vem à tona no cotidiano da empresa e é apoiado ativamente, por exemplo, pelos locais de trabalho ergonômicos desenvolvidos e criados por eles mesmos. Assim, cada funcionário é capaz de se desenvolver ao máximo para alcançar o que qualquer marceneiro deseja: satisfação absoluta do cliente. Afinal de contas, cada cliente satisfeito é uma referência e, em última análise, propaganda gratuita. Na conversa, Markus Neff deixou bem clara essa orientação para o cliente: “Nós não vendemos simplesmente o que podemos produzir. Nós produzimos o que podemos vender, pois é isso que os clientes precisam”. Essa linha de pensamento permite que a empresa reconheça tendências precocemente e ocupe esses nichos de forma sustentável. E foi assim que, entre outros, surgiu uma área de negócios totalmente nova: a climatização. 

Para um ambiente de trabalho agradável.

A informática desenvolveu-se exponencialmente nos anos 1990 e, quase que no mesmo ritmo, o aquecimento gerado pelos computadores. O problema: naquela época, não existia uma solução para regular a temperatura eficientemente na própria mesa. Erich Keller, portanto, teve que desenvolvê-la ele mesmo. E foi assim que, em 1997, surgiu o primeiro local de trabalho com climatização integrada. Hoje, a Erich Keller AG desenvolve soluções personalizadas para o máximo conforto climático, desde racks refrigerados passando por portas com ventilação confortável integrada até unidades de ventilação para a climatização de prédios de escritórios.  Por exemplo, para o parque empresarial da Swisscom em Ittigen. Quando se fala em eficiência energética, meio ambiente e economia, ele é uma das cinco melhores edificações em toda a Europa.

Sempre um banco seguro.

O fato de a Erich Keller AG não recuar diante de grandes desafios também se vê na divisão de estações de comunicação sofisticadas. Além da polícia de Zurique, do centro de pesquisas nucleares CERN e da RWE, também o Commerzbank em Frankfurt confia nas soluções modulares, compactas e ergonômicas vindas da Suíça. Mais de 45 anos e mais de 35.000 locais de trabalho fabricados já falam por si só, principalmente combinados com competência exclusiva no design de interior. Essa competência foi muito importante em 2017, num projeto muito especial. No âmbito do reposicionamento do banco Cler, todas as 31 filiais em toda a Suíça foram remodeladas — e, isso, em tempo recorde de apenas 36 horas. Na verdade, uma empreitada impossível, mas “Com a Erich Keller dá certo.”, respondeu Markus Neff. Para os suíços, cumprir o prazo é uma questão de honra, é essencial para parcerias duradouras. Não é à toa que René Huber, assistente do chefe da produção, afirma: “Nós nunca atrasamos nossa entrega. Nunca.”

O argumento em prol da HOMAG: precisão, flexibilidade e confiabilidade.

Essa confiabilidade a Erich Keller AG também exige dos seus fornecedores. “Bons fornecedores se transformam em nossos parceiros. Não é por acaso que quase só trabalhamos com as máquinas HOMAG”, segundo Markus Neff. A grande flexibilidade das máquinas também tem um papel nisso, pois os marceneiros na produção atendem as três divisões comerciais da empresa ao mesmo tempo. Nesse aspecto, a seccionadora de painéis, a coladeira de bordas e os cinco centros de processamento da HOMAG são impressionantes. 

A parceria entre as duas empresas já existe há mais de 30 anos. O crescimento da Erich Keller AG nesse tempo todo é extraordinário, mesmo da ótica ambiental: a empresa tem mais que o dobro de funcionários, um volume de vendas três vezes maior e, mesmo assim, um consumo de energia menor do que então. Para também poder continuar crescendo no futuro e se manter atraente como empregador, a Erich Keller AG aposta em soluções digitais.  “Nosso desejo é sempre estarmos tecnologicamente atualizados. Por isso, precisamos estar sempre atentos”, segundo Markus Neff. A HOMAG, um parceiro importante desta empresa de Thurgau, também faz parte disso. Mas quando se pergunta ao chefe da produção o que ele mais valoriza na HOMAG, sua resposta é clara: “o serviço rápido e a manutenção excelente”. Pois só com as máquinas em pleno funcionamento é que os funcionários conseguem fazer o que fazem melhor: combinar design e técnica com ideias inteligentes e trabalho manual sólido para estabelecer padrões mundiais. 

Voltar para a lista

Erich Keller AG

Produtos: design de interiores, estações de comunicação sofisticadas, climatização.

Cidade: Sulgen, Thurgau, Suíça

Fundação: 1951

Funcionários: 110

Primeira máquina HOMAG: 1988

Parque de máquinas da HOMAG: 

  • Seccionadora de painéis HPP 380 (hoje: SAWTEQ B-300)
  • Gerenciador de estoque STORETEQ S-200
  • Centro de processamento CNC BP 85
  • Centro de processamento CNC Venture 3
  • Centro de processamento CNC BOF 211
  • Centro de processamento CNC BOF 222
  • Centro de processamento CNC BHX 200 (hoje: DRILLTEQ V-500)
  • Coladeira de borda EDGETEQ S-500
  • Sistema de transporte LOOPTEQ O-300
erichkeller.com