04.07.2022   |   Alemanha

Alto nível em madeira

Da construção em madeira de vários andares

„Naturalmente, estes elementos são especialmente adequados para serem pré-fabricados do modo mais automatizado possível em fábrica. "

Dr. Stefan Bockel, Diretor do Segmento de Mercado da WEINMANN

Um artigo da revista do cliente performance edição 21 | 2022. Mais informações aqui.

Residências individuais e geminadas na construção em madeira se tornaram uma constante no mercado, que está em permanente crescimento e cada vez mais conquistando a parcela de mercado da construção convencional com aço e cimento. Uma crescente demanda por áreas habitacionais em centros urbanos e, ao mesmo tempo, aumento dos preços de materiais e terrenos significam que projetos de construção vêm avançando cada vez mais. 
Dr Stefan Bockel, Diretor do Segmento de Mercado da WEINMANN, dá uma ideia da construção em madeira de vários andares. 


Dr. Bockel, como o senhor descreveria a construção de vários andares? 


Por construção em madeira de vários andares, nos referimos a prédios nas classes de construção 3, 4 e 5. Estes "edifícios" de madeira vem aumentando constantemente e as notícias sobre qual é a casa de madeira mais alta em uma região são superadas constantemente. O Mjøstårnet na Noruega ou o HoHo de Viena são citados aqui apenas como exemplos. Mesmo que o número total de prédios fabricados na Alemanha esteja certamente bem abaixo de 100, a construção em madeira de vários andares está se estabelecendo cada vez mais como um segmento fixo para alguns fabricantes.


Que requisitos especiais são impostos a materiais e métodos de construção? 


Os edifícios das classes de construção 4 e 5 estão sujeitos  principalmente a requisitos elevados de proteção contra incêndio e ruído. Compostos feitos de diversos materiais em construções em madeira maciça ou estruturas de madeira, às vezes também construções híbridas em combinação com concreto armado, com frequência ocorrem nestes tipos de construção. Idealmente, aqui os materiais são utilizados de modo otimizado segundo suas propriedades. Isto não apenas possibilita que o potencial da construção em madeira seja explorado de modo otimizado, mas também poupe valiosos recursos. 
Como a construção em madeira de vários andares se difere da construção de uma casa clássica em termos de planejamento, produção e execução? 
Em regra, os requisitos de construção para prédios de vários andares são significativamente maiores. Isto resulta em maior esforço considerando as exigências de construção e o processo de planejamento. Na produção, os elementos necessários em geral são mais complexos do que nas residências clássicas. Naturalmente, estes elementos são especialmente adequados para serem pré-fabricados do modo mais automatizado possível em fábrica. Isto também é aplicado a elementos de madeira laminada cruzada e sua pré-fabricação o mais alto possível. Durante a execução, com certeza é importante não subestimar o desafio logístico de um grande projeto de construção. Tanto a nível de capacidades próprias do depósito como da sequência e agilidade no canteiro de obras, executar uma construção de vários andares excede a de uma casa. 


Que desafios e oportunidades o senhor vê nesta área, sobretudo para as construtoras menores? 


Além dos desafios dos processos de aprovação a longo prazo, da responsabilidade (por exemplo, se a empresa de construção em madeira atuar como empreiteira geral) e da disponibilidade de materiais ou aumentos de preços a curto prazo, também há um enorme potencial para a empresa. No caso de prédios homogêneos, a preparação da obra pode chegar a economias de escala e a variabilidade é reduzida por alterações frequentes dos projetos de construção.  
Além da gestão de projetos, o fornecimento de elementos para empresas de médio porte também é uma possibilidade para atuar ou se tornar ativo na construção de vários andares. 
Grandes projetos com alto valor agregado permitem que a empresa utilize outros subempreiteiros e aumente seu valor agregado geral. Além disto, um aprimoramento no contexto da automação pode compensar a falta de mão-de-obra qualificada. 


Como será o futuro dos prédios de vários andares? 


O ponto de partida para a construção em madeira de vários andares já é muito bom. Não falta vontade social ou política. Contudo, são necessários adequações nos regulamentos regionais de construção e uma expansão dos "prédios" para que a construção de vários andares também possa ser utilizada em todos os âmbitos. O curso foi estabelecido. Agora se torna interessante perceber como os “prédios de madeira” continuam se aperfeiçoando. Uma coisa é certa - estão indo às alturas! 

 

Terhalle - Nova construção de apartamentos para estudantes em Hannover

Foram criados 184 novos dormitórios bem como novos recintos de estudo e trabalho no piso térreo para estudantes da Universidade Leibniz para o sindicato estudantil em Hannover. 
O grupo empresarial Terhalle da Ahaus fabricou, forneceu e montou as paredes em madeira com uma área de parede de 3.097 m², a fachada em larício com esmalte acinzentado, 266 janelas de madeira, quatro portas dianteiras e duas janelas de saída de emergência. Todos os três componentes foram pré-fabricados em nossa própria fábrica e a seguir transportados para Hannover. O invólucro fechado do prédio foi montado no local de uma só vez.
 

Huber & Sohn - Dantebad II em Munique

Desde janeiro de 2022, o Dantebad II em Munique foi concluído após apenas 15 meses de construção. O prédio de 5 andares com 4 pavimentos residenciais foi construído em uma estrutura híbrida de madeira, oferecendo 8.200 m² de espaço para 144 apartamentos. Em 18 semanas de trabalho, os quatro andares de madeira foram edificados a partir de elementos de superfície pré-fabricados. A ideia base deste projeto é a construção residencial em uma área já vedada com densificação urbana.

Voltar para a lista