Construção Pré-Fabricada em Madeira dá Novo Salto no Chile

Empresa chilena inaugura a primeira fábrica de casas pré-fabricadas e edifícios em madeira com uma projeção de vendas de US$ 25 milhões.

Com apenas um ano de existência, a empresa chilena E2E é uma joint venture entre a Arauco e a empresa belga Etex. A fábrica, que opera desde fevereiro de 2019 em Santiago do Chile, tem a capacidade de construir 1.000 moradias por ano entre casas pré-fabricadas e edifícios de madeira. 

A projeção de US$ 25 milhões em vendas em 3 anos conta com um plano de investimento de US$15 milhões, dos quais 6 milhões foram investidos na fábrica de produção com máquinas da WEINMANN, empresa do Grupo HOMAG e líder mundial em máquinas e soluções completas para a construção com madeira. 

Mesmo com a produção operando há pouco mais de 6 meses, a empresa comemora o fato de já estar construindo 400 casas de dois andares em Casablanca e desenvolvendo um conjunto de edifícios de 4 andares em Concepción no Chile.

Segundo Felipe Montes, gerente geral da E2E, no momento a fábrica está com um ritmo de construção de 16 casas por semana e dentro dos próximos dias também iniciarão a montagem de edifícios de 4 andares, com o total de 16 apartamentos de 50m².

O gerente geral também destaca que com as tecnologias de produção eles diminuíram o tempo de entrega de 12 para 8 meses. Além de economizarem tempo e aumentarem a produtividade, também estão gerando menos resíduos, já que quase toda a construção é feita na fábrica, o que diminui o volume de rejeitos durante a edificação.

Devido à grande demanda por moradias no Chile e a necessidade de fornecê-las a curto prazo, Montes revela que já estão estudando uma ampliação da fábrica e instalar uma segunda linha, mas isto ainda não é considerado um projeto de curto prazo. O gerente também revelou que estão interessados em participar de um projeto do Serviu (Serviço de moradia e urbanização) da Região de O´Higgins” para construir o primeiro edifício de madeira de 6 andares.
“Seria o mais alto edifício de moradias em madeira”, afirma.

Embora o plano de expansão esteja concentrado no Chile, Montes revela que no futuro pretendem dar um salto para outros mercados da região.
“Como partimos de duas empresas globais, temos uma visão global e latino-americana. Todos os países têm a necessidade de moradias, e sobretudo deste tipo, amigas do meio ambiente e industrializadas. E a madeira, por ser renovável, está sendo vista como material do futuro na construção”, complementa.

O gerente aponta ainda que na América Latina o mercado de construção com madeira ainda é pequeno. No caso do Chile, abrange somente 15% número que pretendem duplicar em 2020. Esta porcentagem é ainda menor em outros países.

“Tudo isto é um mercado do futuro. Neste momento é muito baixo, mas já está se percebendo que a madeira vai ser a solução para a construção no futuro”, indica.

Para realizar este projeto ambicioso, a E2E pôde confiar nas soluções e experiência do Grupo HOMAG.  A Limaq, representante do Grupo HOMAG com forte atuação no mercado argentino e chileno há quase 20 anos, o gerente geral de vendas para América Latina da HOMAG, o Sr. Eduardo Bezares e os especialistas da WEINMANN, os senhores Tobias e Hansbert Ott formaram uma equipe técnica que juntamente com os profissionais da E2E, desenvolveram a solução completa para satisfazer as necessidades e aspirações do negócio.

Nossos clientes contam com o apoio de anos de experiência e o atendimento personalizado que nos caracteriza. A preocupação em oferecer o melhor serviço aos seus clientes fez da Limaq uma empresa importante para os interessados em trabalhar madeira. ” Jorge Panjkovich, (Diretor da Limaq)

“Acreditamos na construção em madeira, acreditamos no material e na industrialização da forma de construir, este projeto junto à E2E mostra como é possível alcançar a excelência e a sustentabilidades juntas” Eduardo Bezares (Gerente de Vendas para América Latina, Homag São Paulo)

 “A tecnologia de pré-fabricação de casas individuais e edifícios com vários andares será uma revolução no setor de construção no Chile. Ela oferece alta flexibilidade e qualidade, assim como uma produção contínua.  Com os processos industriais, as construções de madeira podem ser fabricadas com alta eficiência. Esta será a resposta para a alta demanda por casas acessíveis por todo o mundo. ” Hansbert Ott (Director da WEINMANN)

Voltar para a lista