|   Schopfloch   |  Alemanha

A sua solução para o processamento CNC

Novas séries, automações e mais flexibilidade

Novo multitalento CNC: equilíbrio máximo entre espaço ocupado e desempenho

A nova série CENTATEQ P-210 mostra do que é capaz ao vivo pela primeira vez na LIGNA. As novas máquinas CNC da HOMAG dispõem de equipamentos que não são comuns nesta classe de potência: um design em forma de portal com acionamento em ambos os lados, a disposição separada do mecanismo de perfuração e do fuso de fresagem com 2 eixos Z independentes, uma divisão dinâmica dos campos para a operação pendular e o sistema de vácuo de 2 circuitos com tecnologia de bordas duplas para ajuste contínuo dos dispositivos de fixação.

O pacote de conforto disponibiliza recursos de controle da máquina diretamente no corpo da máquina. O terminal móvel abriga a nova interface do usuário powerTouch2 com controle da máquina PC87. Com a ocupação de espaços simples e intuitiva e a geração automática da disposição das ventosas, específica em função do espaço, ela é padrão de referência para conforto e desempenho na operação da máquina.

A CENTATEQ P-210 pode ser equipada com até 24 espaços para troca de ferramentas e um máximo de 21 fusos de perfuração verticais e 10 horizontais com fixação patenteada. O usuário escolhe entre cabeçotes com 3, 4 e 5 eixos. A partir de agora, até mesmo a colagem é possível. Esta CENTATEQ requer uma área de instalação apenas um pouco maior do que aquela ocupada pela sua irmã menor, a P-110, e pode ser acessada livremente por 3 lados. “Para a nova CENTATEQ P-210, buscamos um bom equilíbrio entre espaço necessário, desempenho, manuseio e flexibilidade. E acreditamos que encontramos o equilíbrio ideal”, afirma o Gerente de Produto Friedhelm Rempp, explicando o novo pacote completo.

O novo padrão de referência em tecnologia de colagem: módulo de colagem powerEdge Pro Duo

Novidades na colagem de peças moldadas: ao longo dos últimos meses, os especialistas da HOMAG trabalharam a portas fechadas em um módulo totalmente novo para a colagem de bordas em máquinas CNC. O novíssimo módulo de colagem “powerEdge Pro Duo” será apresentado ao público mundial na LIGNA. O “polivalente” é baseado em 30 anos de experiência na colagem de bordas CNC em um módulo e atende tanto a todas as necessidades atuais dos fabricantes de móveis quanto àquelas que estão à espera deles no futuro. A tecnologia: parâmetros definidos e controláveis em cada ponto ao longo do contorno. Grandezas determinantes para a qualidade, como pressão, temperatura e velocidade, podem ser facilmente manuseadas através de um controle inteligente. O resultado: bordas com qualidade perfeita a partir da primeira peça.

Utilização de robôs no ingresso ao CNC: vale a pena

Se uma automação em uma máquina CNC vale a pena nada tem a ver com o tamanho, a abrangência ou os equipamentos da CNC em si. Atualmente, isso funciona assim: com base na máquina básica, que se adequa de forma ideal à operação e às suas necessidades, o usuário busca a automação apropriada junto com a HOMAG – e, na maioria das vezes, isso compensa já para as “menores” máquinas.
Um exemplo: o usuário automatiza um centro de processamento vertical da série DRILLTEQ V com um robô e beneficia-se ao mesmo tempo em grande medida no que se refere à qualidade e à produtividade. A empresa remaneja a mão de obra economizada para outras funções, otimizando assim os recursos disponíveis.

Na LIGNA: parte da “produção individual conectada em rede”

Série CENTATEQ T-300: mesa dupla, duplamente flexível

Novidade na LIGNA: o parceiro ideal para profissionais de design de interiores, fabricantes de estruturas de móveis ou empresas que produzem partes frontais de móveis ou móveis para escritórios. A nova CENTATEQ T-300 é composta basicamente por duas máquinas CNC com mesa ranhurada com um controle. O conceito necessita de apenas 64 m² de área para instalação e, em troca, oferece duas mesas móveis, dois fusos de fresagem, dois mecanismos de perfuração totalmente equipados e muito vácuo, combinados com a mais avançada tecnologia de segurança e operação. No total, é disponibilizada para o usuário uma área de trabalho de 1550 x 6400 mm. As duas mesas, cada qual medindo 1550 x 3150 mm, também podem ser usadas individualmente. Assim, na operação pendular é possível, por exemplo, fabricar partes frontais na mesa esquerda e as peças da estrutura na mesa direita. Os usuários que desejam trabalhar com um fuso de 5 eixos também podem instalá-lo na CENTATEQ T-300. E isso em uma combinação totalmente flexível de um ou dois fusos com tecnologia de 3, 4 ou 5 eixos. Graças à estrutura estável do suporte superior e ao conceito de segurança, as velocidades de deslocamento podem alcançar 100 m/min em X e em Y.

Perfurada, fresada e prensada: processamento completo na área das bordas

A HOMAG enviou a DRILLTEQ D-500 para uma oficina de ajuste fino. Originalmente projetada como um complemento para processamentos CNC verticais (com frequência nesting), a máquina era utilizada para perfurações horizontais e/ou inserção de buchas.

A partir da LIGNA, porém, a DRILLTEQ D-500 também será capaz de fresar e, com isso, executar processamentos para todas as ferragens de conexão atuais, como a Lamello Clamex, e dobradiças, como a Grass Tiomos, por exemplo. Opcionalmente, a máquina também pode inserir diretamente muitas ferragens de conexão.

O sistema de assistência ao operador intelliGuide oferece suporte em todas as etapas de trabalho. Através de LEDs, o sistema mostra ao operador da máquina qual é a próxima etapa de trabalho que ele deve executar.

Na LIGNA: parte da “oficina digital conectada em rede”

Nesting com a CENTATEQ N-600: tudo exceto bordas

A máquina de nesting CENTATEQ N-600 fresa e perfura peças, se desejado também com tecnologia de 5 eixos ou até mesmo com a possibilidade de inserir diretamente as ferragens de conexão. A HOMAG mostra esse processo na LIGNA com o módulo de perfuração e um novo sistema de alimentação de conectores Cabineo. O transporte das peças prontas na saída da CENTATEQ é realizado pelo robô FEEDBOT C-500. Para liberar a placa na máquina de nesting, o robô retira uma peça após a outra da CENTATEQ e forma com elas uma pilha otimizada. Esta pilha é montada de tal forma que uma camada é composta pelo maior número possível de peças. A forma geométrica da pilha daí resultante reduz a altura da pilha e os custos de transporte. A estabilidade da pilha aumenta. Assim, as peças são perfeitamente preparadas para o processamento seguinte em uma máquina de processamento de bordas. O sistema automatizado aumenta o valor agregado. A operação alcança maior produtividade com uma qualidade do processo mais elevada.

Na LIGNA: parte da “oficina digital conectada em rede”

Voltar para a lista